Chapadão do Sul/MS

PM prende mais um estelionatário por derrame de cédulas falsas no comércio de Costa Rica

Um comerciante vítima de cédula falsa em Costa Rica acionou a Polícia Militar na tarde de ontem. Ele estava vendo o estelionatário num estabelecimento localizado na Avenida Kendi Nakai onde foi feita a abordagem. O homem estava com cinco notas de R$ 100,00 e R$ 172,00 em moeda verdadeira obtidos como troco nos golpes. Confessou ter passado mais duas notas  no comércio local, recolhidas pelos policias. O criminoso estava com Mandado de Prisão em aberto por Associação ao Tráfico de Drogas com uma  condenação de nove anos. O autor e as notas foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil para seguimento da ocorrência e as providências judiciárias.

 Há um derrame de dinheiro falso em Costa Rica, Chapadão do sul e demais cidades da região. Até mesmo o dízimo de uma igreja foi pago com este tipo de cédula em Figueirão.  A informação foi confirmada pelo comando da Polícia Militar de Costa Rica que vem intensificando o combate ao derrame na cidade. Há duas semanas a PM prendeu um homem que deu prejuízo a sete estabelecimentos comerciais no município. 

Um homem preso disse que investiu R$ 500,00 na compra de mil reais em notas falsificadas de um mascate em Figueirão. Claro que ele não ia revelar a identidade do fornecedor do dinheiro fake, mas é da mesma cidade onde alguém colocou R$ 100,00 na cesta do dízimo após a missa. O padre foi da euforia à decepção ao perceber o golpe do criminoso de veio religioso. A polícia não sabe se ele quis realmente ajudar a paróquia ou sacanear o sacerdote. Em “tempos bicudos” não é comum ver uma nota deste valor em templos após o culto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também