Chapadão do Sul/MS

MOTORISTA atinge trabalhador na MS-306 e foge em direção a Cassilândia. Homem foi arrastado por 50 metros.

        A Polícia Civil de Chapadão do Sul investiga autoria de crime de trânsito ocorrido na MS-306. Um trabalhador rural foi atingido nas imediações da Fazenda Lagoa Vermelha e arrastado por cerca de 50 metros por um carro que fugiu do local sem prestar socorro. Neste caso não há nada de positivo mas – pelo menos –  a placa caiu e ficou na cena do crime como prova enquanto o veículo seguia em direção a Cassilândia.  Deixar uma pessoa  ferida na pista é um dos delitos mais repugnantes do Código de Trânsito Brasileiro, revoltando até mesmo policiais experientes.

Não foi informado no Boletim de Ocorrência se a vítima estava de bicicleta ou de moto. Ela relatou que seguia para o trabalho na Fazenda Catleia quando escutou um barulho de frenagem e logo a seguir foi arremessado ao solo. Acabou sendo arrastado por aproximadamente 50 metros. O carro tomou rumo a Cassilândia, não prestando socorro. Com o impacto o para-choque quebrou, deixando partes na rodovia e a placa do veículo. O homem foi socorrido por colegas de trabalho que passavam no local.   

No perímetro urbano vários registros mostram que a omissão de socorro é um crime praticado com muita frequência em Chapadão do Sul. O Corpo de Bombeiros de Chapadão do Sul atendeu dois casos numa única semana com as vítimas deixadas para trás pelo motorista causador do acidente.

Pilotos de motos são os afetados por este tipo ocorrência, como na Avenida Mato Grosso do Sul com a Tocantins, região de tráfego intenso e velocidade geralmente acima do permitido. Logo a seguir uma moto foi atingida na frente do Banco do Brasil com o condutor evadindo-se do local. O piloto seguiu o veículo e agrediu violentamente o condutor. O caso foi parar na delegacia de Polícia Civil.

(Foto ilustração https://pt.dreamstime.com/)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também