Chapadão do Sul/MS

CERCA de 470 gramas de pasta base foram apreendidas em Campo Grande. Drogas da capital são enviadas à cidades do interior

A Polícia Civil do MS, através do DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado), no curso das diligências investigativas de combate à criminalidade ligada ao narcotráfico dentro da “Operação Hórus”, do Ministério da Justiça,  passou a monitorar uma boca de fumo localizada em residência situada na Rua Bernardo Guimarães, Bairro Pioneiros, em Campo Grande, habitada por um casal.

 Segundo apurado, haveria uma negociação de pasta base de cocaína com foragido do sistema penitenciário. Os investigadores iniciaram as diligências de campo e campana nas imediações do local apontado como palco da negociação.

O foragido apareceu no local e realizou a aquisição da droga  sob o acompanhamento remoto da equipe que fez a abordagem e busca pessoal que culminou na apreensão de 470 gramas de pasta base de cocaína. Os suspeitos confessaram parcialmente os crimes, inclusive apresentaram uma balança de precisão que era usada para pesagem de entorpecentes.

Os envolvidos receberam voz de prisão em flagrante delito por tráfico e associação para o tráfico.  

Foram autuados em flagrante três pessoas, dois homens e uma mulher. Os investigadores constataram que os dois masculinos eram foragidos da Justiça, sendo que um deles de alta periculosidade, inclusive coautor do assalto que vitimou um Senador da República pelo estado de Mato Grosso do Sul, no ano de 2009.  Ambos aguardarão presos deliberação da Justiça.

APREENSÃO:

– 470,0 gramas de substância análoga a pasta base.

PREJUÍZO AO CRIME:

Droga: R$ 8.000,00 (oito mil reais).

Fonte DRACCO

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também