Chapadão do Sul/MS

BUNKER na Capital escondia meia tonelada de cocaína. Fontes policiais destacaram apreensão de R$ 11,5 milhões da droga

       Fontes policiais  ligadas à Polícia Civil de Paraíso das Águas confirmaram hoje a apreensão de 407,0 kg de cocaína escondidas num bunker construído sob o piso de uma casa em Campo Grande. O local tinha até vigilantes contratados para fazer a segurança da droga. Na residência de um deles tinha mais 54,0kg da droga, totalizando 461,0 kg, quase meia tonelada de cocaína, uma das maiores apreensões do ano em MS. A ocorrência de tráfico ratifica a eficiência do serviço de inteligência do DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) no Estado. 

No curso das diligências investigativas de combate à criminalidade organizada ligada ao narcotráfico, realizadas no bojo da Operação Hórus do Ministério da Justiça, o   DRACCO passou a monitorar o até suposto ponto de armazenamento de drogas localizado numa edificação em construção e inabitada, situada na Rua Ana Rosa Castilho Campos, em Campo Grande.

Face à sensibilidade dos fatos que envolviam grande quantidade de entorpecentes com considerável valor agregado, os operacionais do DRACCO consideraram presente justa causa e urgência suficientes para  deliberar pela abordagem policial aos vigilantes que guarneciam o local suspeito.

No imóvel os investigadores identificaram os vigilantes do local que, entrevistados informalmente, apresentaram versões incoerentes, contraditórias e injustificado nervosismo que motivaram o ingresso tático.  

Ato contínuo, localizaram um bunker no qual era armazenado considerável quantidade de tabletes de substância esbranquiçada em pó, análoga a cloridrato de cocaína, fracionadas em 353 peças com peso total de 407,0kg.

Em razão das contradições, os investigadores deslocaram até o domicílio de um dos suspeitos e, com a autorização da convivente, procederam a busca domiciliar que culminou na apreensão de outras 47 peças de substância esbranquiçada em pó, semelhante a cocaína, com peso total de 54,0kg. Os dois masculinos suspeitos de ser os responsáveis pelo bunker receberam voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas e foram conduzidos às dependências do DRACCO para adoção das providências previstas em lei.

APREENSÃO:             

– 400 peças de substância esbranquiçada em pó, análoga a cocaína, com peso total de 461,0 kg;

– HONDA/CG TITAN 160cc, ano 2019;

– GM/CHEVROLET/D60, ano 1981.

PREJUÍZO AO CRIME:

Droga: R$ 11.525.000,00 (onze milhões, quinhentos e vinte e cinco mil reais);

Veículo: Motocicleta: R$10.000,00 (dez mil reais);

Caminhão: R$20.000,00 (vinte mil reais).

Total: R$ 11.555.000,00 (Onze milhões, quinhentos e cinquenta e cinco mil reais).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também