Chapadão do Sul/MS

POLÍCIA prende homem acusado de exercício ilegal da medicina quando se preparava para assumir o plantão em Costa Rica.

        Um “médico” acusado de exercer ilegalmente a profissão foi preso por investigadores da Polícia Civil de Costa Rica. Segundo veiculadas na mídia regional ele detido quando se preparava para assumir o Plantão na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) da FHCR ( Fundação Hospitalar de Costa Rica). Saiu algemado do hospital.

Segundo o site Costa Rica em Foco testemunhas presenciaram o momento da prisão do  costarriquense. Foi denunciado por Exercício Ilegal da Profissão e por estar usando o CRM (Conselho Regional de Medicina) de uma médica que tem registro em São Paulo.

Poderá responder pelos crimes de exercício ilegal da profissão e falsidade ideológica. Ele vinha atuando como médico na Fundação Hospitalar de Costa Rica há cerca de um mês.  

Há cerca de dez anos, em novembro de 2012, o delegado na época e hoje prefeito Cleverson Alves dos Santos  prendeu um plantonista na Fundação Hospitalar  também por Falsidade ideológica. Foi contratado – na época – com salário de quase R$ 15 mil. (Fonte costaricaemfoco.com.br)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também