Chapadão do Sul/MS

HOMEM que fazia tele entrega de cocaína em Chapadão do Sul tem antecedentes por tráfico. Lei do Abuso de Autoridade engessou Judiciário, Polícia e Imprensa

Uma equipe de motopatrulhamento da Policia Militar prendeu um homem que estaria fazendo “tele entrega” de drogas nos bairros de Chapadão do Sul. Fugiu ao ver os policiais vindo em sua direção no bairro Esperança. Foi realizado o acompanhamento tático com o fugitivo desrespeitando os sinais de trânsito. Devido ao excesso de velocidade perdeu o controle e caiu. Acabou revistado e preso com cerca de 65 papelotes de paste base de cocaína avaliados em R$ 5 mil

O homem preso admitiu que fazia entregas a domicílio. No sistema informatizado da PM consta várias passagens pelo crime de Tráfico de Drogas. Apesar da extensa ficha criminal segue solto e atuando intensamente no tráfico.  A cada prisão deste tipo os policiais já sabem que o criminoso não ficará preso num País cujas leis são elaboradas por políticos. Neste contexto os juízes são meros operadores do Poder Judiciário, cumprem o que a “lei determina”.

As principais associações de juízes e procuradores brasileiros reagiram à aprovação desta lei de Abuso  de Autoridade no plenário da Câmara dos Deputados que prevê a criminalização de algumas condutas de magistrados, membros do Ministério Público, policiais e imprensa.  O texto , por exemplo, destaca que passa ser crime um juiz determinar a condução coercitiva de um investigado sem que ele tenha sido previamente intimado a depor, ou se não for concedido um habeas corpus em situação “manifestamente cabível”.   

São aproximadamente 30 condutas tipificadas como crime de abuso de autoridade, a maioria passível de detenção, entre elas pedir a instauração de inquérito conta pessoa mesmo sem indícios da prática de crime e estender investigação de forma injustificada. Na prática o judiciário, polícia e imprensa ficaram “engessados”. Informar o nome ou foto de um bandido é crime neste País.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também