PROMOTORIA cobra alvará e Lets Pubs só reabrirá após atender exigências dos bombeiros em Chapadão do Sul. Vizinhança reclama do barulho externo

Publicada em 08/02/2018, lida 775 vezes.

         A queda de braço entre moradores da rua Jerivá e os operadores da Boate Lets Pubs dura anos e ganhou novo desdobramento nesta semana, após audiência das partes. Segundo uma das moradoras a Promotoria aplicou uma multa e cobrou alvarás de funcionamento. No final de semana a Polícia Militar foi acionada e não permitiu a realização de uma festa que iria ser realizada. Segundo fontes policiais o estabelecimento só voltará a funcionar caso todos os pré-requisitos de infraestrutura sejam atendidos como a vedação acústica para não afetar o sossego da vizinhança e a documentação. Desde a tragédia na boate Kyss em Santa Maria (RS), onde morreram quase 300 jovens, estas casas recebem autorização de funcionamento somente após investimento alto em sistemas de segurança como portas corta-fogo entre outros.   

O procedimento de proteger o sossego dos moradores está sendo padrão em Mato Grosso do Sul desde 2013 quando MPE ingressou com Ação Civil Pública de Dano Ambiental contra os donos de uma mansão que promoviam festas ao lado do Condomínio Vilage do Parque, em Campo Grande. A exemplo de Chapadão do Sul os vizinhos fizeram um abaixo assinado e protocolaram a denúncia no MPE e na Polícia Civil. Dessa reclamação, surgiu um processo administrativo.

Como as duas partes não chegaram  em acordo, o MP entrou com a ação civil pública e o juiz do juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos da Capital, David de Oliveira Gomes Filho, acatou liminar suspendendo as festas no local sem o atendimento de algumas condições .

A decisão foi um alívio para os moradores, principalmente, para o pessoal que mora ao lado da mansão. Os moradores não são contrários as festas, mas na rua Jerivá muitos jovens estacionam carros com som alto, urinam nos portões, não atendem os pedidos para baixar o volume e já houve casos de arremesso de bombas no telhado de pessoas identificadas como reclamantes.   

PROMOTORIA cobra alvará e Lets Pubs só reabrirá após atender exigências dos bombeiros em Chapadão do Sul. Vizinhança reclama do barulho externo

Comentários desta notícia