CARDÁPIO Low Carb de hoje terá Filé de peixe ao creme de cebola / Salada Oriental / Patê de Kefir / Sobremesa: Gelatina

Publicada em 12/01/2018, lida 144 vezes.

      O cardápio Low Carb em Chapadão do Sul, além de ser um serviço de tele entrega, está  integrado ao cotidiano das pessoas que não tem tempo de preparar o almoço balanceado. São 30 dias sem repetição e o marmitex é solicitado pelo telefone (67) 996246885 até às 10hs30 (MS), de segunda à sexta-feira. Pode ser pago com cartão de crédito ou mensalmente (ticket). As embalagens descartáveis são especiais, produzidas para acondicionar alimentos e acompanhadas de guardanapos, colher de plástico e sobremesa, no mesmo sistema utilizado na Europa e Estados Unidos.   

 

CARDÁPIO  de hoje

*Filé de peixe ao creme de cebola

*Salada oriental

*Patê de Kefir

*Sobremesa: Gelatina 

 

Você já ouviu falar de Kefir ? 

 

Muitas pessoas sequer ouviram falar em Kefir, mas depois de conhecer os benefícios não ficam mais sem ele. Ter kefir em casa dá um pouco de trabalho. Eles se mexem, crescem de repente e você precisa cuidar todos os dias. Os grãos de kefir são colônia de bactérias e leveduras. Não se sabe exatamente como e onde surgiram e até hoje ninguém conseguiu produzi-los senão a partir de um pedaço da colônia já existente.  

 

HISTÓRIA DO KEFIR

 

O nome kefir, ou quefir, vem do turco keif, que significa bem-estar, vida saudável. Também conhecido como “grãos do profeta”, o kefir surgiu na região montanhosa do Cáucaso, há mais de 4 mil anos.

 

GERAÇÃO A GERAÇÃO - Diz a lenda que Mohammed deu grãos de kefir para os povos ortodoxos e lhes ensinou como preparar. Os Grãos do Profeta eram considerados como parte da riqueza da família e foram passados de geração em geração. Dessa forma, durante séculos o povo do norte do Cáucaso se alimentou com kefir sem compartilhá-lo com ninguém. 

Outros povos ocasionalmente ouviam contos estranhos sobre esta bebida incomum que tinha “propriedades mágicas” e Marco Polo a mencionou nas crônicas de suas viagens no Oriente. 

TRATAMENTO DE TUBERCULOSE - No entanto, fora do Cáucaso o kefir foi esquecido por séculos, até que a notícia de seu uso para o tratamento da tuberculose em sanatórios e doenças intestinais se espalhou. Os médicos russos queriam utilizá-lo em seus pacientes, mas era extremamente difícil de obter os grãos e assim sua produção comercial não era possível. 


PRÍNCIPE SEDUZIDO PARA REVELAR SEGREDO - Foi então que, por volta de 1800, os irmãos Blandov, que tinham uma fábrica de queijo na rússia, foram contratados pelo governo russo para conseguir os grãos dos caucasianos. Nikolai Blandov enviou sua bela funcionária Irina Sakharova à corte de um príncipe local, Bek-Mirza Barchorov. Ela foi instruída a seduzir o príncipe para conseguir alguns grãos.

CARDÁPIO Low Carb de hoje terá Filé de peixe ao creme de cebola / Salada Oriental / Patê de Kefir / Sobremesa: Gelatina

Comentários desta notícia