HÁ UM ANO: A reconstrução da rodoviária de Chapadão do Sul foi colocada em pauta na primeira reunião de trabalho da gestão Krug

Publicada em 11/01/2018, lida 226 vezes.

      O 11 de janeiro também pode ser relembrado como o dia em que a reconstrução do terminal Rodoviário de Chapadão do Sul foi colocado em pauta (11/01/2017). Tinha sido apenas demolida parcialmente para que o restante da estrutura gigantesca da aba de embarque afetada por um temporal não caísse sobre passageiros. O empreendimento não teve continuidade, o mandato do prefeito anterior terminou, e o terminal foi transformado em símbolo de descaso que incomodava a orgulhosa população chapadense. Finalmente na semana de aniversário da cidade  o prefeito João Carlos Krug colocou a entrega da obra numa data que coincidiu com a presenças de três deputados  na cidade.

Há cerca de três anos o Terminal Rodoviário de Chapadão do Sul foi semidestruído por um temporal que arrasou a área central da cidade. O “então novíssimo” complexo de embarque teve a cobertura abalada e os danos não foram reparados. A administração anterior mandou arrancar a gigantesca “aba” que protegia os passageiros mas não fez a reforma necessária para entregar as instalações como recebeu. “Cartão Postal” da cidade, a reconstrução foi um dos primeiros desafios da nova “Era Krug” e a equipe da secretaria de Planejamento e Infraestrutura. Na primeira reunião de trabalho ele cobrou prioridade no reparo.

Nesta primeira reunião de trabalho a pauta teve vários assuntos importantes com destaque à retomada das obras no Terminal Rodoviário. O projeto e orçamento feito pelos técnicos da secretaria de Infraestrutura e Projetos teve a Câmara de Vereadores como principal parceiro. Foi um dos grandes desafios e uma espécie de “prova de fogo como ritual de passagem” à equipe que acabara de assumir.   

MINISTÉRIO PÚBLICO – Dois anos depois do temporal o então promotor do Patrimônio Público, Marcus Vinícius Tieppo Rodrigues, chegou a encaminhar ofício ao Poder Executivo pedindo informações sobre os procedimentos para reparar os danos no terminal de embarque da rodoviária de Chapadão do Sul, abalado pelo forte temporal do dia 17 de setembro de 2015. Nada foi feito e dezenas de passageiros continuaram  expostos na intempérie.    

HÁ UM ANO: A reconstrução da rodoviária de Chapadão do Sul foi colocada em pauta na primeira reunião de trabalho da gestão Krug

Comentários desta notícia
E a limpeza da cidade? Vai ficar como está? Pois sinto muito em dizer mas está parecendo um chiqueiro, os canteiros estão abandonados, as ruas cheias de buraco terra e lixo, assim não dá ne prefeito
Por Amanda, em 11/01/2018.
Amanda, ... tu acha que o prefeito vai fazer tudo em 01 anos de administração??? Calma queridinha... tenho certeza que ele vai fazer... melhor prefeito do Estado... pegou uma cidade abandonada e destruída e já colocou nos trilhos....é o Prefeito que mais vez obras no Estado do Mato Grosso do Sul... fica tranquila que eu sei que ele é capaz e vai deixar essa cidade linda igual fez quando foi prefeito....
Por joão luiz, em 12/01/2018.