APÓS cerco de 70 horas e troca de tiros PM matou 4 assaltantes em Goiás. Nível de segurança na divisa com Chapadão do Sul se manteve elevado

Publicada em 09/01/2018, lida 1895 vezes.

     Após mais de 70 horas de operações de guerrilha a Polícia Militar do Estado de Goiás encerrou as buscas à quadrilha especializada em explosão a caixas eletrônicos que aterrorizou a cidade de Silvânia (GO) no final de semana. Toda região do Bolsão estava em estado de alerta, incluindo os acessos da divisa com Chapadão do Sul pela BR-060. Quatro bandidos morreram em confronto com os policiais e um foi preso, encerrando as ações com resultado positivo.

MORTOS - Todos os bandidos tinham várias passagens pela polícia e foram identificados como:  Thiago Rodrigo de Siqueira / Rafael Mateus de Oliveira / Ivânio Gonçalves / Luís Carlos Alves Pereira Neto. Além das mortes na troca de tiros foram apreendidos explosivos, 1 fuzil calibre .7,62mm, 2 pistolas .9mm, 1 espingarda.12, 2 veículos roubados e outros equipamentos utilizados nos ataques ás agências.  

UM PRESO - Os PMs tiveram sucesso na operação após o compartilhamento de informações entre diversas unidades da PM e Civil de Goiás na operação “Volante Ativa” encerrou com a prisão do último bandido (Pedro Júnio Pereira de Azevedo), capturado na noite de ontem (08) na zona rural de Silvânia. Ele é de alta periculosidade, possui Mandado de Prisão em aberto e várias passagens pela polícia. Portava pistola calibre .9mm e uma espingarda .12.  

MATAM PESSOAS POR PRAZER - A quadrilha era uma associação criminosa que atuava com extrema violência e covardia. Nas fugas atirava a esmo em pedestres inocentes apenas para distrair a atenção da policia que vinha logo atrás. É suspeita de um roubo a banco na Cidade Livre, em Aparecida de Goiânia. Na ação criminosa, um homem foi alvejado e teve que amputar a perna para sobreviver. Em Silvânia adotaram a mesma estratégia que incluiu armas de grosso calibre, escudo humano e disparos contra policiais militares e a população. Mataram a sangue frio um morador da cidade. 

APÓS cerco de 70 horas e troca de tiros PM matou 4 assaltantes em Goiás. Nível de segurança na divisa com Chapadão do Sul se manteve elevado

Comentários desta notícia
Parabens a policiaTemos q urgentemente mudar as leis desse pais...todos reincidentes...para que acredita q os bandidos tem concerto!!
Por Bandido bom é bandido morto, em 09/01/2018.