FALTA de troco em boca de fumo motivou assalto na padaria do Parque União. Usuário comprou pão para trocar “cenhão” e praticou o crime

Publicada em 09/01/2018, lida 739 vezes.

    A falta de troco na boca de fumo operada por um homem acusado por associação ao tráfico de drogas foi o motivo para o assalto à uma padaria localizada na Avenida Rio Grande do Norte no dia 5 de janeiro deste ano. O usuário chegou no local para comprar pedras de crack “no varejo” com uma cédula de R$ 100,00. O traficante não tinha como devolver a diferença e decidiram ir à panificadora com o “cenhão” comprar alguns pães para resolver  a questão da falta do “dinheiro miúdo”.  Após a transação o usuário pegou a droga e voltou  no comércio para “recuperar”  o dinheiro com um assalto à mão armada.   

COMÉDIA DA VIDA REAL - A informação é de fontes policiais que cumpriram o Mandado de Prisão do homem conhecido pela alcunha de Jardineiro que seria o dono da “boca de fumo” que já está nas ruas novamente.  A história parece enredo de comédia, mas retrata  o drama da vida real no Brasil. O usuário comprou trocou o “cenhão” para comprar crack, logo a seguir voltou ao comércio e roubou R$ 200,00. Deixou o Gol vermelho numa rua das proximidades (Paranaguá)  para facilitar a fuga.

VAGABUNDO X TRABALHADOR - Este crime foi o primeiro assalto à mão armada em Chapadão do Sul na padaria localizada na Avenida Rio Grande do Norte com a rua Campo Grande.  O ladrão estava armado com uma pistola que - provavelmente - era de brinquedo (simulacro). O estabelecimento abre bem cedo para atender operários da usina Cerradinho e acaba assaltado por vagabundos que deveriam estar na cadeia.  Câmeras de segurança flagraram a fuga.


MATÉRIA relacionada no link abaixo

http://chapadensenews.com.br/noticia-27840


 

  

FALTA de troco em boca de fumo motivou assalto na padaria do Parque União. Usuário comprou pão para trocar “cenhão” e praticou o crime

Comentários desta notícia