HÁ UM ANO quadrilheiro covarde que torturava moradores da zona rural morreu em confronto com a PM. Fugia em moto furtada em Chapadão do Sul

Publicada em 07/01/2018, lida 1071 vezes.

      No dia 7 de janeiro de 2017 Jéferson Túlio Garcia (34) morreu e Ronaldo Rodrigues de Lima (27) foi preso durante a tentativa de  fuga da Polícia Militar na zona rural do Distrito de São Pedro em Paranaíba. Eles são integrantes de uma quadrilha composta por quatro pessoas que assaltaram uma propriedade no município de Inocência. Todos residiam em Paranaíba. Dois quadrilheiros conseguiram fugir da PM, mas são extremante perigosos e tinha como marca a tortura física e psicológica das vítimas quo moravam em fazenda ou na zona rural. Eles aproveitavam o fator surpresa e o isolamento da zona rural  para barbarizar as vítimas. 

CERCO PRECISO - O Boletim de Ocorrências foi feito na cidade de Inocência com todos os detalhes da ação policial. A quadrilha era de alta periculosidade e já havia atacado uma pessoa no sítio Vô Gustavo nas proximidades do Distrito de São Pedro.  Após este  ataque a PM começou a fechar o cerco. Os quatro tentaram fugir mas foram interceptados durante acompanhamento tático. 

MOTO DE CHAPADÃO DO SUL - Durante a fuga houve intensa troca de tiros e um dos pilotos foi atingido. Continuaram a fuga até  perderem o controle do veículo, matando Jéferson. Ronaldo, que estava ferido com um tiro na perna e escoriações devido à queda foi preso, enquanto que os ocupantes da outra motocicleta sumiram. Toda a região foi fechada e um alerta foi emitido a todos  os moradores das propriedades rurais das comunidades da região. A moto apreendida pela Polícia Militar tinha placa de Chapadão do Sul. 

ROUBO E TORTURA -  Às 10HS30 daquele dia, no sítio Vô Gustavo, eles renderam o proprietário e levaram  a aliança,  dinheiro, molho de chaves e o celular. A vítima foi surpreendida  pela manhã ao fazer a verificação matinal do gado. Esperava a caixa de água encher quando os quadrilheiros chegaram de capacetes e sacaram um revólver.  Mandaram o homem deitar com o rosto virado para o chão e aplicaram ponta pés nas costelas.  Ficou o tempo todo com a arma apontada para a cabeça enquanto eles conversavam. Um dos bandidos usava arma longa tipo carabina cortada ao meio. Danificaram o veículo da vítima antes da fuga para evitar o pedido de socorro.  

HÁ UM ANO quadrilheiro covarde que torturava moradores da zona rural morreu em confronto com a PM. Fugia em moto furtada em Chapadão do Sul

Comentários desta notícia